; //]]>

01/06/2016

[FILME] Gol! - O Sonho Impossivel


   Já vou chegar logo dizendo que o enredo não tem muita enrolação! haha. Como todo filme onde se tem como alvo principal a realização (ou não) do sonho de um personagem, em Goal! The Dreams Begins (Gol! O Sonho Impossível) o telespectador acompanha todos os minutos bastante apreensivo.


 Santiago Munez (Kuno Becker) é mais um homem que cresceu sonhando ser jogador de futebol, porém as condições financeiras não são favoráveis. Seu pai está mais preocupado em pagar as contas da casa e por comida na mesa, e acha que o sonho do filho é só perca de tempo. Mas o Sant (apelido de Santiago) tem como apoio a sua avó e seu irmão pequeno. Ele tem como costume jogar futebol em um time local e trabalhar com o pai  — que pelo que entendi tem uma pequena empresa (equipe) de jardinagem.

 Em um dos seus jogos, um ex-olheiro Glen Foy (Stephen Dillane) que agora tem como emprego atual uma oficina de carro, estava de visita na cidade e observou o garoto jogar, reconhecendo que o mesmo tinha talento. Prometeu a Santiago que se ele fosse para a Inglaterra, conseguiria conversar com Erik Dornhelm (Marcel Iures) para lhe garantir um teste para o Newscastle United, um time de futebol inglês.

 Confesso que assistir esses filmes relacionados a sonhos e tals, me causa uma certa angústia. Admito que já dei play no filme esperando acontecer só coisas ruins com o talentoso Santiago e o resto do mundo o empurrando para baixo. Massss.. não!!

 Cada palavra, escolha, condições financeiras, nos faz criar várias ideias de coisas que podem ou não acontecer no decorrer da trama. Ressaltando um ponto positivo do filme: tinham várias situações e até mesmo personagens que tinha tudo para que fizessem cenas clichês, porém souberam aproveitar de formas diferentes. Que bom né?

O Santiago é um personagem bem criado. Com uma personalidade bem desenvolvida, e isso nós vamos percebemos com o passar de suas ações. Ele não é só mais um personagem que fala em como não desistir é importante, ou que se deve acreditar em seus sonhos, ele simplesmente vai lá e faz! Você não recebe uma descrição dele. Você o vê em ação.

Gostei do fato de não ser um filme cansativo do tipo que você não vê a hora de acabar e os personagens não tem um pingo de sal ou no caso tem sal de mais. Também não é um filme cheio de drama do tipo que tudo dá errado só porque os diretores acham que vai ficar mais emocionante, e o personagem só falta se suicidar de tanto azar. Na verdade o drama quem cria é o telespectador de tão apreensível (de uma forma boa) que fica para saber o que ira acontecer com o Santiago.



Na verdade, em Goal - O Sonho Impossível, por mais que haja pouquíssimas situações em que nem o planeta Terra (literalmente) coopera, tem muita gente como; o técnico dos reservas Bobby Redfern (Robert Dixon), a enfermeira Roz Harmison (Anna Friel), e até o Gavin Harris (Alessandro Nivola) jogador titular, ficam na torcida pelo sucesso do Sant. Sem contar nos próprios colegas do clube! Como diz Dani Russo "Mô Galera!"

É claro que sempre tem que ter o cara chato! Mas, nesse filme Hughie Mc Gowan (Kieran O'Brien) não passa de apenas um cara chato no time. Ele é até uma boa lição para o Sant perceber que o time onde ele quer entrar é força "bruta", e não empurrõezinhos da hora do lanche lá na Tia da cantina. Mas também tem os momentos onde ele nos lembra que tem um coração, haha! <3

Ah! É importante ressaltar que o foco do filme não é bem a trajetória para conseguir chegar a Inglaterra. Mas, conseguir fazer o teste, entrar para o time reserva, e quem sabe até mesmo conseguir uma vaga no titular. Mano! Assistam! Eu particularmente, gostei porque não vi aquele clichê cheio de drama onde o personagem ou o mundo só faz cagada! É claro que não é lá toda aquela coisa, haha... Mas para quem ta procurando um filminho de leves e sem muita enrolação no desenvolvimento, eu super recomendo! Eu até vibrei em algumas partidas. Mas ainda não sei se foi pelo Sant ou a emoção de imaginar se daria tudo certo ou não em campo!

Em aspectos do futebol, as cenas foram muito bem feitas! Por alguns instantes você esquece que é um filme e não um jogo de futebol passando na TV. O estadio, os torcedores, os times, é tudo muito real! Quem ama futebol como eu (apesar de não saber jogar ):) com certeza pode adorar esse filme! Vemos também alguns casos de personagens ainda na reserva que sofrem contusões e não podem mais jogar, ou titulares que saem da linha e se metem em encrenca. Achei um filme bem bacana mesmo!

PS: No filme a maioria dos jogadores do time adversário não são atores: Milan Baros e Steven Gerrard se destacam. O técnico Sven-Goran Eriksson também mostra as caras bem rapidinho. O Raúl, Beckham e o Zidane também aparecem em uma cena onde eles batem um papo com o Santiago e o Gavin em uma balada. Tem uma curiosidade bem bacana que diz que "A história da classificação do Newcastle United para a Liga dos Campeões realmente aconteceu e o gol de falta feito por Santiago contra o Liverpool foi inspirado em um gol de verdade feito pelo francês Laurent Robert contra o mesmo time."     ------------------------------------------------------------------------------------------------


SINOPSE: Santiago Munez (Kuno Becker) é um jovem que possui um grande talento para o futebol e que sonha em se tornar um profissional. Mas morando em Barrios, a leste de Los Angeles, seu sonho é algo quase inalcançável. Até que um dia uma série de eventos possibilitam que ele seja contratado para jogar no Newcastle United, time que compete na 1ª divisão do campeonato inglês.
Título Original: Goal! The Dreams Begins
Tempo: 2h00mm
Ano de Lançamento (BR): 14 de outubro de 2005
Direção: Danny Cannon
Produção: Matt Barrelle, Mark Huffam, Mike Jefferies
Roteiro: Dick Clement, Ian La Frenais
Reações:

2 comentários:

Postar um comentário