; //]]>

30/10/2015

Independência





              Olá meus confidentes, hoje é sexta feira (lembrei do vídeo haha). Então vim dividir com vocês a saudade que eu tenho de quando era criança. “A Jéssica, mas eu aqui querendo maior idade e você querendo voltar a ser criança?”. Não é bem assim.
              Eu também já disse "não vejo à hora de ser maior de idade, pra poder chegar em casa a hora que quiser" e pra poder fazer o que eu quero" Mas pra que? Já ouviu falar que grandes poderes exigem muita responsabilidade? Pega a referencia.
              Alcançar a maior idade significa que você vai sair do ensino médio, se isso é bom? Eu sei. Mas para algumas pessoas sair do E.M (Ensino Médio) significa cursinhos e logo em seguida a tão temia por uns esperada por outros, a faculdade. Depois ou até mesmo durante a faculdade alguns precisam de um emprego, para poder bancar a mesma e/ou até nós mesmo. Eu sempre soube o que queria cursar: Arquitetura. Mas ultimamente eu ando pensando e pesquisando melhor (em outra hora divido essa história).
              Deixar de ser criança não significa somente liberdade. Significa que de agora em diante você é responsável por se próprio, pelas suas atitudes, pelos seus erros, por suas escolhas . Você sempre foi, mas agora isso é carimbado na sua testa. E nós sabemos que nem todo mundo está preparado para deixar os cuidados e carinho dos pais, colocar uma mochila nas costas e “seguir os próprios sonhos”.
              Tenho saudade da minha infância não por que era fácil, mas porque foi uma época onde ninguém guardava rancores, que ninguém falava da vida alheia, que os problemas não eram capazes de deixar alguém doente. Uma época que você só precisava se preocupar com a surra que levaria depois de passar o dia todo brincando na rua (o que não era o meu caso, mas essa história é pra outra hora também!).
              O que eu quero dizer, é que a gente precisa aproveitar o momento e não ficar triste pelas coisas que não aconteceu. Querer correr com a vida é como querer comer ovos antes deles estarem prontos. E vamos combinar que o gosto não deve ser nada legal não é mesmo? Aproveite cada época, cada dia, cada instante dessa vida. Não abra somente os olhos, mas abra sua mente também. Observe o mundo de uma maneira mais profunda e vai ver que ser dependente ainda não é tão ruim — muito menos injusta como parece.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário