; //]]>

02/02/2015

RESENHA: A Ultima Carta de Amor — Jojo Moyes

   RESENHA: A Ultima Carta de Amor, conta a história (acredito eu que) de três pessoas, um romance e dois casos. Calma, não é um romance com essas três pessoas. Elas são totalmente diferentes, somente uma coisa em comum: Um Caso (um romance fora do casamento).
   (Em 2003) Ellie Haworth uma jornalista, que tem um romance com um cara casado, que vive tentando entender as curtas mensagens que ele manda, que mais parece códigos para ela e seus amigos, e se um dia ele vai se separar de sua esposa pra ficar com ela.
   Por causa de sua confusão amorosa, Ellie desaba um pouco no trabalho e precisa de uma matéria nova pro jornal. Certo dia, a sua chefe a manda para o deposito onde tem matérias guardadas por décadas. Em busca de algo realmente interessante ela encontra uma carta de amor, que parece nunca ter chegado ao seu destino.
   (Em 1960) Jennifer Stirling, perde sua memória em um acidente. Quando acorda, volta pra casa com seu marido, e percebe que é uma mulher rica, mora em uma casa enorme, não tem filhos, tem uma governanta, e tudo o que uma mulher naquela época sonhava em ter. Jenni sempre se sentiu deslocada do lugar onde ela estava, quando ela fazia perguntas as pessoas, principalmente seu marido, se limitavam a respondê-las. Jojo Moyes voltou à época da ditadura, onde as mulheres não tinham direito a nada: não falavam se não falassem com elas, se fossem divorciadas eram deserdadas pela sua família, etc... Jenni era dessa época.
   Quando voltará a sua casa, em uma arrumação em busca do seu próprio “eu”, ela achou uma carta, nela estavam exposto os sentimentos de um homem, e uma informação que lhe deixou assustada, uma menção que ela já avia traído o seu marido. Jenni continuou a procurar mais e mais cartas que no final eram assinadas por “B”. 
   Ela decide que vai procurar por esse homem, que parecia que a amava como seu marido era incapaz de ama-lá e de a fazer amada. Mas não vai ser tão simples assim. Vai ter vários encontros e desencontros. Em meio a essa confusão ela encontra o segredo que todos evitavam falar sobre o seu acidente. Muito romance, mistério, ainda vai rolar.



   Um romance paralelo dos relacionamentos de hoje em dia, e o glamour romântico dos anos 1960. É um livro maravilhoso, eu não tenho muitas palavras pra descreve-ló, no inicio talvez seja um pouco dificiu associar a história. Comecei a entender toda a história lá no capitulo 5, (página 82).  Mas quem já leu FMF 4 vai entender logo de cara. Um capitulo conta a história de um, no outro conta a história do outro. Assim até o momento esperado
   No inicio eu fiquei meio atrapalhada pra ler. 1 - Eu costumo ler livros narrados pelo próprio personagem, 2 - Esse é um livro em que você tem que ter um pouco de paciência no inicio e prestar bastante atenção, pra não precisar começar tudo de novo. Como eu...
 Em termo de material o livro é bonito. Bem planejado, detalhado, e eu achei que a autora foi muito carinhosa ao por alguns comentários na capa. O titulo é totalmente compatível com a história.
   Eu meio que achei monótono no inicio, mas, queria saber, o que os comentários no inicio, e na capa do livro queriam dizer: "Um romance pungente que vai fazer seu coração flutuar. - Heat",  "... Paixão, amor e perda são grandes temas. Prepare-se para chorar. - Sainsbury's Magazine", E então eu decide a minha busca por esses sentimentos do leitor, e encontrei.


Autora: Jojo Moyes
Páginas: 378
Avaliação: 3/5 
Editora: Intrínseca
Categoria: Romance, Drama
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário